o que é alcance orgânico

Alcance orgânico: o que é e como aumentar a métrica?

O sonho de qualquer marca que esteja na internet é chegar ao máximo de pessoas com o menor custo possível. Entretanto, este parece ser um desejo cada vez mais distante de realizar. Aumentar o alcance orgânico do conteúdo tem se tornado ainda mais difícil com o passar dos anos

Essas mudanças no alcance orgânico, que em um primeiro momento podem parecer inimigas da sua estratégia, visam, contudo, melhorar a experiência do usuário. E, afinal, também não é isso o que queremos? Por isso, as constantes atualizações devem ser vistas como potenciais aliadas da sua marca. Para isso, porém, é preciso estar atento e continuamente alinhando as estratégias.

Neste post, você vai entender o que é alcance orgânico e porque ele é tão importante para a sua marca. Além disso, vamos ensinar alguns segredos para se beneficiar dele.

O que é alcance orgânico?

O alcance de uma publicação é referente à quantidade de pessoas que viu aquele conteúdo pelo menos uma vez. Essa métrica pode ser paga para aumentar ou gerada organicamente por meio de uma série de ações.

Quando o alcance é orgânico, significa que aquele número de pessoas recebeu a publicação sem que fosse preciso pagar por isso.

“O alcance orgânico é o número total de pessoas que viram suas publicações por meio de uma distribuição não paga”. – Facebook

Esse conceito não muda com o passar dos anos. Entretanto, atualizações nos algoritmos têm alterado frequentemente a lógica de engajamento dos posts.

O que muda então?

Na última atualização do Facebook, por exemplo, o alcance orgânico passou a ser contado a partir dos posts que os usuários realmente viam. Antes disso, a rede considerava simplesmente o conteúdo que aparecia na timeline. Às vezes, o post estava no feed de notícias, mas a pessoa não chegava a rolar tanto a página a ponto de vê-lo. Essa mudança de definição já foi suficiente para diminuir as métricas de alcance orgânico de diversas páginas.

Além do mais, a rede também alterou a forma como disponibiliza estas publicações no feed. A prioridade é dos conteúdos de maior relevância para aquele usuário. A escolha do que aparece na timeline se baseia no perfil de cada um individualmente. O Facebook justifica essa seleção porque existe muito conteúdo sendo produzido e pouco tempo para ver tudo. Por isso, é melhor para o usuário receber somente o que é do seu interesse. 

A partir desta mudança do Facebook, tempos depois o sistema de engajamento orgânico do Instagram também sofreu alterações

Por fim, existem duas formas de alcance orgânico: ele pode ser viral ou não. No primeiro caso, sua publicação aparece para o usuário porque os amigos dele se envolveram de alguma forma com a sua página. Uma boa maneira de gerar esse alcance orgânico viral é fazendo marketing de oportunidade. O alcance orgânico não viral, por sua vez, acontece quando a pessoa visualiza sua publicação, mas sem que os amigos dela tenham se envolvido com a sua página.

Mas porque essa métrica é tão útil (e talvez a mais importante) para a sua estratégia de marketing digital?

Por que o alcance orgânico é tão importante – principalmente para marcas?

Além de não gerar custos, o alcance orgânico traz outros benefícios para a sua marca, como mais credibilidade e ainda mais engajamento do público. Aparecendo de forma orgânica, o usuário entende que o conteúdo foi sugerido pelos algoritmos como a melhor solução. Sendo, de fato, a solução para a dor do cliente, é esperado que ele se envolva. A tendência é que ele curta, compartilhe e indique o serviço.

Apesar disso, conseguir alcance orgânico relevante é uma verdadeira tarefa de paciência. Os resultados não são gerados de um dia para o outro. Eles podem levar semanas e até meses para aparecer! Por isso, a melhor forma de investir nessa estratégia é ter uma equipe especializada se atualizando e trabalhando em função disso. É preciso se atentar a diversos fatores para aumentar o alcance orgânico de uma página.

05 passos para melhorar o alcance orgânico do seu conteúdo

Conheça seu público

Uma vez que o alcance orgânico tem o objetivo de oferecer a melhor solução para o usuário, a melhor forma de consegui-lo é produzir conteúdo de qualidade. Todas as atualizações são em prol de melhorar essa experiência. O objetivo é que que o usuário receba exatamente aquilo que é de seu interesse. Por isso, também é essencial conhecer a fundo sua persona e entender os seus interesses, ambições, necessidades e frustrações

Analise suas métricas

Uma boa maneira de entender seu público é olhando as métricas dos conteúdos que você já têm. Analise quais temas, assuntos e formatos mais geram interação e quais não chamam tanta atenção assim. Dessa forma, você repete a fórmula do sucesso e muda as estratégias que não estão gerando tanto engajamento

Interaja o máximo possível

Os usuários gostam da sensação de intimidade com a marca. As redes sociais sabem bem disso, e por este motivo, valorizam as interações. Além disso, quanto mais o seguidor interage, mais chances da sua página aparecer na timeline dos amigos dele. Lembra do alcance orgânico viral?

Use geolocalização nas postagens

A proximidade física com o cliente pode fazer total diferença na hora de aparecer nas redes ou nos resultados de busca do seu público. As pessoas usam muito as redes sociais e o Google para encontrar serviços e estabelecimentos perto delas. Essa pode ser a sua chance de aparecer como uma opção para eles. 

Poste nos melhores dias e horários

É preciso ficar atento aos horários em que seu público está online. Se você posta uma publicação e logo nos primeiros minutos ela tem diversas interações, as plataformas entendem que ela é relevante. Por isso, é importante saber quando seu público está rolando a timeline, prontos para distribuir likes. 

Inegavelmente, o alcance orgânico é uma métrica importante e que realmente faz diferença. Entretanto, ela não dispensa o patrocínio de posts. O alcance orgânico e o alcance pago podem – e devem – ser incentivados juntos para o crescimento online da sua marca. Eles não são excludentes, mas sim complementares.  

 

Gostou? Compartilhe: