bert, nova atualização no algoritmo de busca do google

Conheça o Bert, a mais recente atualização no algoritmo de busca do Google

Fechando o ano passado com chave de ouro, o Google realmente deixou o melhor para o final e liberou sua mais nova atualização em dezembro.

O Bert, apelido carinhoso e sigla para Bidirectional Encoder Representations from Transformers (Representações Codificadoras Bidirecionais de Transformadores), é o update mais importante do algoritmo de busca do Google nos últimos anos!

Este upgrade promete afetar, inicialmente, 10% das buscas no Google.

A grande mudança que o Bert traz é o melhor entendimento do contexto em que as palavras são usadas pelos usuários.

Sendo assim, algumas particularidades da linguagem falada ou palavras que tenham diversos significados diferentes serão melhor interpretadas pelo Google.

A atualização é muito importante para melhorar a experiência do usuário, uma vez que os próprios internautas não sabem como procurar o que desejam.

As vezes, eles não sabem como escrever uma palavra; outras vezes, não têm o conhecimento mínimo sobre o assunto que pesquisam.

Por isso, é fundamental que o buscador entenda a intenção de busca do usuário.

 

Como funciona o Bert?

 

O Bert não é somente a mais recente e importante atualização do Google. A tecnologia também é um novo passo para as inteligências artificiais e o machine learning.

Isso porque o algoritmo segue um novo método de “ensino” dessas mentes, seguindo lógica semelhante às usadas entre professores e alunos.

Para isso, os cérebros artificiais foram alimentados com diversos textos e informações provenientes de inúmeras fontes distintas.
Assim, seu vocabulário foi enriquecido do mesmo modo como acontece com os seres humanos, através de leitura e conversa.

Posteriormente, esse conhecimento adquirido foi testado em exercícios de preenchimento de espaços vazios em frases e textos.

Dessa forma, o sistema deveria escolher o que melhor se encaixaria no espaço de acordo com o contexto geral.

Sendo assim, se antes o que mais importava eram as palavras chaves presentes no texto e nas frases de busca, agora, o contexto é mais relevante.
Por isso, até as preposições, que não eram consideradas nas técnicas de SEO, ganharam destaque.

 

Como usar a atualização para otimizar o meu site para o Google?

 

Diante dessa importante mudança, quais ações devem ser tomadas pelos profissionais de SEO a fim de otimizar o site para o Google?

A resposta, incrivelmente, continua a mesma: conteúdo relevante focado em seres humanos!

A atualização do algoritmo foi realizada justamente para melhorar a experiência do usuário a partir do desenvolvimento da capacidade de entendimento do Google.

Portanto, o conteúdo precisa ser objetivo e responder as questões do usuário da maneira mais completa e satisfatória possível. 

Neste cenário, aqueles artigos escritos de forma mecânica serão prejudicados, enquanto a experiência com o voice search e a busca local serão melhores.

Por isso, a fim de aproveitar a atualização e melhorar o posicionamento do seu site, atente-se a essas dicas:

  • Prefira utilizar palavras chave de cauda longa
  • Não encha seu conteúdo de palavras chave fora do contexto
  • Utilize sinônimos da sua palavra chave

Veja outras dicas para otimizar seu site para o Google.

Gostou? Compartilhe: