Crescimento dos podcasts em 2019 e o que esperar de 2020

Durante o ano de 2019, o podcast nacional passou por um crescimento extraordinário. O que antes era uma mídia pouco explorada passou a ser muito procurada e difundida. Muito se deve ao fato da grande mídia ter começado a adotar o meio, mas o grande diferencial do ano foi a adesão do serviço por plataformas de streaming de áudio.

Em pesquisa realizada pelo Deezer, a empresa revelou que o número de podcasts cresceu 177% nos últimos 12 meses. Resultados parecidos foram encontrados pela Associação Brasileira de Podcasters (Abpod) durante a PodPesquisa anual.

Além disso, em uma pesquisa apresentada em São Paulo durante o seminário ”Na onda do Podcast”, em junho de 2019, foi apontado que, apesar de ser um fenômeno recente, os podcasts são de conhecimento de uma grande parcela dos brasileiros, e muitos deles já incluíram em suas rotinas o hábito de ouvir esse tipo de programação. Cerca de 40% dos entrevistado disse consumir esse tipo de mídia no dia a dia.

Na pesquisa também é possível perceber o potencial da mídia, já que dos 60% que não consome, mais da metade nunca ouviu, tem pouca informação ou não sabe o que é podcast. Por isso, a tendência para o próximo ano é que ainda mais pessoas passem a escutar a mídia caso os programas tenham a devida divulgação.

Prova disso, é que em 2018, quando o Spotify investiu em mídia física para divulgar sua programação disponível, o consumo (e consequentemente o número de podcasters na plataforma) aumentou significativamente.

Vantagens de se usar o podcast como estratégia

Não agrada mais ao público um conteúdo que você precise ficar parado na frente do computador para consumir. Os podcasts trazem a mobilidade e o poder da decisão que esse usuário tanto preza.

Quem ouve podcast tem um senso de pertencimento e até intimidade com quem produz o podcast. É um sentimento mútuo entre quem fala e quem representa a empresa por meio da voz.

Absorver o conteúdo com podcast também se torna mais fácil, um tema relevante com uma conversa casual, agrega mais valor ao processo.

Você pode fazer alguns testes antes de encontrar o formato definitivo do conteúdo.

Engajamento e oportunidade de lucro

Dentro dos 40% de pessoas que escutam podcast, 25% consome por mais de 1h diariamente. Graças a esse poder de reter público por mais tempo, a mídia tem ganhado a atenção de empresas que investem em novas formas de anunciar dentro do serviço. Além disso, companhias de renome no mundo do streaming, como Spotify e Deezer, estão investindo no segmento por meio de programas originais.

A tendência é que o setor veja seus rendimentos subirem nos próximos anos. De acordo com um levantamento da PwC, os podcasts devem movimentar uma receita publicitária de US$ 1 bilhão em 2019 globalmente, com o valor subindo 21,3% até 2023.

Gostou? Compartilhe: