pinterest para vender

Pinterest para Empresas: como usar o Pinterest para vender?

O pontapé inicial para começar algo novo – seja lá o que for – geralmente é a procura por referências. Se uma pessoa deseja mudar o próprio estilo, a decoração de casa ou até a alimentação, ela vai pesquisar por modelos que possa seguir. Um dos primeiros lugares onde essa busca é feita é no Pinterest.

A rede social funciona como um grande acervo, catálogo ou repositório de ideias para os usuários. Diferente de outras redes sociais, como o Facebook e o Instagram, ela não é tão focada na interação entre os navegantes. Além disso, o Pinterest é essencialmente visual

Seja por conta da proposta diferenciada ou devido aos anos de existência a menos do que outras redes sociais, o Pinterest não é tão popular no Brasil quanto outras plataformas. Ainda assim, ela pode ser uma estratégia e tanto para a sua marca. As chances de conversão de leads são enormes no Pinterest

Neste artigo, vamos explicar por que usar o Pinterest para empresas e como usar o Pinterest para vender.

Por que usar o Pinterest para empresas?

Segundo estudos científicos, 90% das informações enviadas para o cérebro são visuais. Ou seja, pessoas entendem imagens muito mais rápido e melhor do que outros formatos. Isso se reflete na forma como os usuários consomem conteúdos e, consequentemente, produtos e serviços:

  • 60% dos usuários alegam confiar mais em empresas que apresentam imagens nos resultados de pesquisa dos buscadores;
  • Em relação aos e-commerces, 63% dos usuários dizem que as imagens são mais importantes do que a descrição. 

Uma vez que o Pinterest é uma rede social de busca visual, ela é uma ferramenta extremamente proveitosa na hora de fazer negócios online. No Pinterest, os usuários têm mais intenção de compra do que em outras redes. Conforme a própria plataforma divulga:

  • 55% das pessoas usam o Pinterest para comprar;
  • 89% das pessoas usam o Pinterest para ter ideias de compras; 
  • 85% dos usuários dizem que acessam o Pinterest quando querem começar um novo projeto;
  • 98% dos usuários dizem experimentar as novas ideias que encontram no Pinterest.

Logo, quando acessam essa rede social, as pessoas já têm interesses bem definidos, ou pelo menos, a pretensão de encontrar algo que as agrade. E marcar território onde o público está, oferecendo soluções que ele procura – como já sabemos – é a melhor forma de fechar negócios

Sendo assim, usar o Pinterest para empresas é muito útil. O aplicativo pode fazer parte das suas estratégias de marketing em todas as etapas do funil de vendas.

Como usar o Pinterest para vender? 

Existem diversas formas de usar o Pinterest para empresas. O aplicativo pode assumir diferentes finalidades durante o processo de compra

A seguir, entenda como usar o Pinterest para vender em cada fase da decisão de compra.

1ª – Reconhecendo a necessidade

Todas as compras começam com o reconhecimento ou, pelo menos, a consideração de uma necessidade. Por isso, esta é, provavelmente, a fase mais importante em todo o processo de compra. O Pinterest, conforme os dados apresentados no tópico anterior mostram, desempenha bem essa função.

89% das pessoas usam o Pinterest para ter ideias de compras.

As imagens atraentes postadas no Pinterest fazem toda diferença para isso. Os usuários são muito estimulados visualmente. Portanto, se despertarem interesse e curiosidade, os potenciais consumidores criarão desejo pelos produtos ou serviços mostrados.

2ª – Buscando por informação

Uma vez que o usuário do Pinterest reconhece sua necessidade, ele passa para o estágio de procurar mais informações sobre aquela que parece ser a solução. Afinal, ninguém quer levar algum produto enganado.

Nessa fase de buscar informações, os usuários geralmente analisam os posts semelhantes e os temas relacionados. Por isso, é importante que o perfil da sua empresa no Pinterest esteja otimizado de modo que o seu conteúdo e os produtos sejam facilmente encontrados e relacionados.

Ou seja, além de imagens que chamem a atenção, faça uma boa descrição utilizando os termos que as pessoas mais usam na rede social. Procure também colocá-los em grupos e categorias, e marcá-los com tags e hashtags relevantes. Você também pode direcioná-los para o seu blog se quiser ou precisar falar mais.

3ª – Avaliando as alternativas 

Depois de pesquisar mais informações e encontrar outras possíveis soluções além daquela primeira, o usuário começa a avaliar suas alternativas. A escolha final vai se basear naquilo que ele pensa ser melhor de acordo com os resultados que encontrou.

Nessa etapa, a natureza visual do Pinterest entra em ação novamente. Os usuários podem ser persuadidos através de imagens de qualidade e bem detalhadas. Esse, inclusive, pode ser o fator desempate entre a sua marca e outra qualquer

4ª – Tomando a decisão de compra

Em uma pesquisa do Jornal de Wall Street, o Pinterest foi apontado como uma influência positiva na decisão de compra dos consumidores. 

  • 80% dos entrevistados mencionaram que o conteúdo do Pinterest já os ajudou a decidir o que comprar;
  • 72% dos usuários compraram algo no mundo real que, originalmente, eles viram no Pinterest.

Nada muito diferente do que o próprio aplicativo já aponta, certo?

5ª – Avaliando a compra 

Por fim, o Pinterest também pode ser usado no pós-compra. A plataforma pode ser usada para mostrar aos usuários novas formas de usar o produto adquirido e até sugerir novos produtos que se associem a ele. Ou seja, continuar inspirando os consumidores mesmo depois da compra.

Pinterest Business: 05 recursos que ajudam na hora de usar o Pinterest para vender

Pins avançados

Além das informações que acompanham os pins comuns, os pins avançados (rich pins) trazem alguns dados a mais sobre as imagens. Existem 4 tipos de pins avançados:

  • Produto: informa preço, disponibilidade em tempo real e link da compra;
  • Receita: indica os ingredientes, tempo de cozimento e porções;
  • Artigo: mostra o autor, o título e algum trecho do texto;
  • Aplicativo: inclui botão de instalação.

Este recurso é gratuito, porém exclusivo das contas de Pinterest Business.

Shop the Look

Também exclusivo para as contas de Pinterest Business, com este recurso o usuário pode comprar produtos que tenha visto na plataforma. Assim, quando ele clicar na imagem, será redirecionado para o link de compra.

Pinterest Lens

Geralmente, é o Pinterest que dá referências para o mundo real. Mas o contrário também pode acontecer. Se o usuário se interessar por algum objeto no mundo real e quiser procurar no Pinterest,  é possível fazer isso com o recurso de Busca Visual. Dessa forma, ele vai ter acesso a pesquisas similares – e sua marca pode estar lá nessa hora.

Pincode

O Pincode funciona exatamente como um QR Code. Quando escaneado, ele leva o usuário para um perfil ou uma página no Pinterest. Esse recurso não é exclusivo do Pinterest Business, mas é uma boa forma de usar o Pinterest para empresas.

Uma estratégia com Pincode funcionaria bem na última etapa de vendas, por exemplo. Você pode colocar um Pincode na etiqueta ou na embalagem do produto, direcionando para um pasta com dicas de como utilizar ou combinar a nova aquisição do cliente. 

Botão Salvar para sites

Com o botão “Salvar”, do Pinterest, instalado no seu site ou blog, todas as imagens da sua página na web podem ser salvas diretamente em pastas na rede social. Isso aumenta seu engajamento na plataforma e aumenta suas chances de ser visto. 

Fazer uma conta de Pinterest Business é um passo importante para desenvolver o marketing visual da sua marca. Comprovadamente, estratégias com a plataforma dão bons resultados e têm alto potencial de conversão. Estar na rede social é se colocar como referência para os seus possíveis clientes.

Agora que você já sabe como usar o Pinterest para vender, veja também como usar o TikTok e o Whatsapp para fazer negócios.

*Trechos deste artigo foram retirados e traduzidos do artigo “How can Pinterest be used for marketing?” do site Trendjackers.

Gostou? Compartilhe: